Skip to content Skip to sidebar Skip to footer

SHORT STIRLING é uma frescura

Estávamos hiper entusiasmados com esta aeronave e a verdade é que não nos deixa desiludidos.
O Short Stirling da Virtavia para o Microsoft Flight Simulator 2020 é uma recriação extremamente detalhada do icónico bombardeiro britânico da Segunda Guerra Mundial. A Virtavia é conhecida por fornecer aeronaves altamente detalhadas e precisas para o Microsoft Flight Simulator, e o Short Stirling não é exceção. Com essa análise, vamos analisar a aeronave em detalhes e determinar sua qualidade geral, bem como sua capacidade de simular de forma realista a aeronave original.
História do Short Stirling

O Short Stirling foi o primeiro bombardeiro pesado usado pela Royal Air Force durante a Segunda Guerra Mundial. Ele foi desenvolvido no início dos anos 1930 pela Short Brothers, uma empresa de engenharia da Irlanda do Norte. O Short Stirling foi projetado para substituir os bombardeiros menos capazes do período entregues na Primeira Guerra Mundial, como o Handley Page H.P.42. Quando entrou em serviço em 1940, o Stirling era reconhecido como um dos melhores bombardeiros do mundo, tendo, entre outros feitos, realizado o famoso ataque alemão à cidade de Rotterdam.

O Stirling foi projetado para transportar a maior carga de bombas possível, com uma capacidade de carga de cerca de quatro toneladas de bombas em sua cabine de bombas. Além disso, ele podia transportar uma tripulação de sete pessoas, incluindo dois pilotos, um engenheiro de voo, um navegador, um operador de rádio, um artilheiro superior e um artilheiro posterior. Era uma aeronave incrivelmente grande, com uma envergadura de mais de 100 pés e pouco mais de 66 pés de comprimento.

Ele carregou uma grande variedade de armamento, incluindo quatro metralhadoras Browning de 7,7 mm na posição de cauda, outras quatro na posição superior e uma no nariz. Mais tarde, os Stirlings foram atualizados para a versão Mk.V, que adicionava um canhão de 20 mm no nariz. No total, 2.383 Stirlings foram produzidos até que foi retirado de serviço em 1946.

Aerodinâmica

A primeira coisa que notei sobre a aeronave Short Stirling da Virtavia para o Microsoft Flight Simulator 2020 é o quão impressionante é a modelagem da aerodinâmica. A aeronave é incrivelmente grande e imponente, com uma envergadura enorme que se estende por toda tela do monitor. Aos poucos, fui conhecendo o avião e me familiarizando com suas peculiaridades devido às suas dimensões avantajadas e seu típico quatro motores.

A forma da fuselagem e as asas do Short Stirling são modeladas para se assemelhar à aeronave original em quase todos os detalhes. Os recursos aerodinâmicos, como os flaps, os slats e os spoilers, são totalmente funcionais. Além disso, a modelagem dinâmica do voo é muito precisa. É fácil sentir o tamanho e a massa do Stirling ao voar e manobrá-lo no Microsoft Flight Simulator 2020.

Os motores operam com precisão e são reproduzidos com um realismo surpreendente. Além disso, os propulsores apresentam um modo de operação variável, que permite ao usuário mudar a pitch das pás para fornecer empuxo adicional em altitudes mais elevadas e, posteriormente, mais potência. A precisão dos motores contribui significativamente para o realismo geral da aeronave e ajuda a simular a potência e o empuxo do Short Stirling.

Detalhes internos

A cabine do Short Stirling é notavelmente detalhada e bem projetada. Cada uma das sete posições da tripulação é individualmente modelada com seus próprios instrumentos de voo, assentos e controles. Todos os instrumentos são funcional e extremamente precisos. Os painéis são modelados com base em fotos e diagramas originais, e todos os switchs e botões estão corretamente posicionados. Os indicadores e medidores são iluminados com realismo, e todos os sinais sonoros simulam o som da instrumentação real.

A cabine de bombas também é detalhada para ser extremamente precisa.

“Voar em formação permite o desenvolvimento de capacidades únicas.”

O Short Stirling da Virtavia para o Microsoft Flight Simulator 2020 é uma impressionante adição ao simulador de voo, oferecendo uma experiência autêntica de pilotagem de um dos principais bombardeiros estratégicos britânicos da Segunda Guerra Mundial.

A modelagem da aeronave é excelente, com uma aparência realista e detalhes precisos que tornam possível sentir a complexidade e o tamanho impressionante deste aviões de bombardeio. O modelo pode ser personalizado em diversas cores, o que acrescenta variedade e beleza aos seus voos.

A cabine da aeronave é completa em detalhes e, embora possa parecer um pouco complicado para iniciantes, é uma representação fiel do painel de instrumentos de um Short Stirling real, o que torna a experiência de voo mais realista para jogadores avançados. Os sistemas de navegação e comunicação estão implementados atendendo às especificações originais, incluindo os instrumentos usados ​​para navegar e uma série de controles para ajudar o piloto.

O som do motor é também muito autêntico, realçando a sensação do que é voo numa aeronave histórica e poderosa. É possível ouvir as maquinas a trabalhar, uma vez em altitude de cruzeiro e uma espacial paisagem sonora durante as manobras na decolagem e no pouso.

Vale lembrar que o Short Stirling é um avião antigo, o que significa que a aeronave não tem a velocidade, agilidade e disponibilidade de recursos tecnológicos que os aviões comerciais modernos oferecem. Ele exige ajustes de velocidade, altitude e outras configurações, o que pode ser complicado no começo para pilotos menos experientes.

Em geral, a aeronave Short Stirling da Virtavia para o Microsoft Flight Simulator 2020 é uma escolha fantástica para todos os que querem experimentar um pouco da história da aviação da Segunda Guerra Mundial. Com excelentes gráficos, sons satisfatórios e controles precisos, é uma experiência divertida e autêntica que impressiona a todos quanto se dedicam a essa magnífica aeronave.

Siga Tiger!

Deixe um comentário

0.0/5