Skip to content Skip to sidebar Skip to footer

F35 sobre a Ucrânia

Numa era em que cada vez se fala mais em caças de última geração, trazemos até ti uma das missões realizadas sobre a Ucrânia.

Nesta missão testamos alguns dos cenários payware para a Ucrânia e o f35, numa missão de patrulhamento.

Durante a missão não houve contacto com outras aeronaves mas houve a oportunidade de visualizar a área percorrida e tempo para uma reflexão para a possível diferença entre o que existe atualmente no simulador e no real.

Este foi também uma oportunidade de sentir esta aeronave e as suas capacidades de manobra.

O que ficou a faltar?

Um voo em formação numa próxima vez.

Alguns dados sobre o F35

Os sensores eletrónicos do F-35 incluem o Electro-Optical Distributed Aperture System (DAS). Este sistema fornece aos pilotos consciência situacional em uma esfera ao redor da aeronave para alerta de mísseis aprimorado, alerta de aeronave e visão diurna/noturna do piloto. Além disso, a aeronave está equipada com o sistema de direcionamento eletro-óptico. O EOTS montado internamente fornece deteção de alcance estendido e direcionamento de precisão contra alvos terrestres, além de deteção de longo alcance de ameaças ar-ar.

O sistema de exibição montado no capacete do pilot do F-35 é o sistema mais avançado de seu tipo. Todas as informações de inteligência e direcionamento que um piloto do F-35 precisa para completar a missão são exibidas no visor do capacete. Infelizmente não é possível no MSFS.

O F-35 contém links de dados táticos de última geração que fornecem o compartilhamento seguro de dados entre seus membros de voo, bem como outras plataformas aéreas, terrestres e terrestres necessárias para realizar missões atribuídas. O compromisso das nações parceiras do JSF com recursos comuns de comunicação e suporte logístico habilitado para web permitirá um novo nível de interoperabilidade da Aliança.

O motor do F-35 produz 43.000 libras e consiste em um motor de três estágios, um compressor de seis estágios, uma turbina de alta pressão de estágio único e uma turbina de baixa pressão de dois estágios.

O F-35 foi projetado para fornecer ao piloto uma consciência situacional insuperável, identificação positiva do alvo e ataque de precisão em todas as condições climáticas. A integração dos sistemas de missão e os excelentes recursos de visibilidade sobre o nariz foram projetados para melhorar drasticamente o desempenho do piloto.

Características gerais
Função primária:
Caça multifunção
Fabricante: Lockheed Martin
Motor: Um motor turbofan Pratt & Whitney F135-PW-100
Impulso: 43.000 libras
Envergadura: 35 pés (10,7 metros)
Comprimento:15,7 metros (51 pés)
Altura: 4,38 metros (14 pés)
Peso máximo de descolagem: classe de 70.000 libras
Capacidade de combustível: Interno: 18.498 libras
Carga útil: 8.160 kg (18.000 libras)
Velocidade: Mach 1,6 (~1.200 mph)
Alcance: Mais de 1.350 milhas com combustível interno (mais de 1.200 milhas náuticas), ilimitadas com reabastecimento aéreo
Teto: Acima de 50.000 pés (15 quilómetros)
Armamento: Capacidade interna e externa. As munições transportadas variam de acordo com os requisitos da missão.
Tripulação: Um